Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Brasil pode chegar às 3 mil mortes diárias por Covid-19

País registou na quarta-feira 1840 óbitos em apenas 24 horas.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 7 de Março de 2021 às 09:41
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
O Brasil, que na última semana tem estado a bater sucessivos recordes de mortes diárias por Covid-19, poderá chegar aos três mil óbitos diários ainda este mês.

A assustadora estimativa, avançada por médicos e especialistas, é considerada realista entre assessores técnicos do Ministério da Saúde, que no entanto não a confirmam publicamente por medo de retaliações do presidente Jair Bolsonaro, que continua a negar a gravidade da pandemia e que está a viajar pelo Brasil pressionando governantes regionais e locais a suspenderem as medidas restritivas contra a Covid-19.

Falando sob anonimato, médicos e cientistas do Ministério da Saúde, hoje controlado com mão de ferro por dezenas de militares impostos por Bolsonaro, confirmaram que o Brasil, que tem atualmente cerca de 1800 mortes diárias por Covid, pode atingir as três mil mortes diárias dentro de duas semanas, se se mantiver o atual ritmo descontrolado de crescimento da pandemia.

Nos últimos sete dias, o Brasil bateu várias vezes o número de mortes diárias por Covid-19, tendo fixado na quarta-feira um novo recorde de 1840 óbitos diários, além de 74 mil novos casos.

No total, o Brasil já ultrapassou as 262 mil mortes e os 10,8 milhões de infetados desde o início da pandemia.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid Jair Bolsonaro Brasil Covid-19 Ministério da Saúde questões sociais morte
Ver comentários