Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Bretón tem “saudades”

José Bretón, pai dos dois irmãos desaparecidos há mais de dois meses de um parque de Córdova (Andaluzia), no Sul de Espanha, detido sob acusação do homicídio dos filhos, redigiu uma carta na prisão, na qual afirma sentir muito a falta das crianças, Ruth, de seis anos, e José, de dois anos.

14 de Dezembro de 2011 às 01:00
O pai das duas crianças desaparecidas em Córdova: Ruth, de seis anos, e José, de dois
O pai das duas crianças desaparecidas em Córdova: Ruth, de seis anos, e José, de dois FOTO: Lusa

"Sonho em voltar a escutar a minha filha a pedir-me água durante a noite", escreveu Bretón, acrescentando estar também, ansioso por rever o filho. Na carta, lida pelo seu advogado, José María Sánchez de Puerta, José Bretón garante que não guarda rancor a ninguém, incluindo à mulher, de quem, recorde-se, estava em processo de separação quando as duas crianças desapareceram.

Entretanto, a polícia, que acredita que as crianças estão vivas, activou o Código Vermelho de busca internacional para as tentar localizar.

JOSÉ BRETÓN CRIANÇAS DESAPARECIDOS ESPANHA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)