Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Brown paga a irmão com fundos públicos

O enfraquecido governo trabalhista do primeiro--ministro Gordon Brown sofreu um rude golpe depois de ontem o ‘The Daily Telegraph’ ter revelado que 13 membros do executivo, incluindo o próprio Brown, e deputados usaram de forma irregular o sistema de subsídios parlamentares. Os abusos incluem pagamentos de obras e móveis, serviços de limpeza, alimentação e deslocações.
9 de Maio de 2009 às 00:30
Brown paga a irmão com fundos públicos
Brown paga a irmão com fundos públicos FOTO: direitos reservados

Um dos casos mais ridículos envolve o líder de governo. Este terá usado o dinheiro dos contribuintes para pagar 6577 libras (cerca de 7430 euros) ao irmão, Andrew Brown, por serviços de limpeza no seu apartamento em Londres, entre 2004 e 2006. O curioso é que Andrew é um executivo da companhia francesa de electricidade EDF, pelo que claramente não realizou esse tipo de trabalho.

Um porta-voz de Downing Street explicou que os irmãos partilhavam a mesma empregada. Andrew pagava, alegadamente, a totalidade dos serviços e era depois reembolsado por Gordon. O montante referido seria, pois, de reembolsos.

A explicação dificilmente convencerá os britânicos, que ficam ainda a saber que Brown mobilou uma casa de campo, na Escócia, à custa do Estado. Outros envolvidos no escândalo são David Miliband, que gastou milhares em jardinagem, Peter Mandelson, ministro do Comércio, que usou os subsídios para fazer melhorias numa casa oficial que depois vendeu com lucro considerável, ou ainda Jack Straw, ministro da Justiça, que apesar de ter um desconto de 50% no imposto municipal requereu a devolução da totalidade do mesmo. Straw devolveu, entretanto, o excesso.

ALGUNS IMPLICADOS

John Prescott, Ex-vice-primeiro--ministro

Entre os gastos oficiais incluiu, por duas vezes, trabalhos de canalização e um novo tampo de sanita (mais de 360 euros). Em alimentação declara anualmente mais de 5500 euros.

Hazel Blears, Sec. de Estadopara as Comunidades

Num só ano recebeu ajudas para compra de três casas. Recebeu ainda, em subsídios oficiais, mais de cinco mil euros para gastos em mobílias e para compra de dois televisores.

Andy Burnham, Sec. de Estadoda Cultura e Desporto

Fez requerimentos repetidos depois de ver rejeitado um pedido de 19 mil euros para renovação de um apartamento. Alegou mesmo que a recusa do subsídio poderia implicar o seu divórcio.

SAIBA MAIS

INÍCIO DO JORNALISMO

Brown é doutorado em História pela Universidade de Edimburgo e começou a carreira profissional como jornalista televisivo.

5 é o número de primeiros-ministros britânicos que não frequentaram Oxford ou Cambridge. Um deles é Brown.

UM LÍDER ESCOCÊS

Gordon Brown é o primeiro líderde governo proveniente de um círculo eleitoral escocês desde Alec Douglas-Home, em 1964.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)