Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Bruni com agenda humanitária cheia

Provando mais uma vez que pretende ser uma primeira-dama activa e não um mero adorno ao lado do marido, Nicolas Sarkozy, Carla Bruni iniciou ontem no Brasil uma preenchida visita oficial, que inclui visitas a hospitais e a favelas.
23 de Dezembro de 2008 às 00:30
Carla Bruni à saída do hospital que ontem visitou após chegar ao Rio
Carla Bruni à saída do hospital que ontem visitou após chegar ao Rio FOTO: Bruno Domingos/Reuters

Numa visita que está a ser seguida a par e passo pela imprensa brasileira, a primeira-dama francesa fez jus à recente nomeação como embaixadora da ONU, e mal chegou ao Rio de Janeiro seguiu para um hospital onde funciona um banco de leite para crianças pobres, incluindo bebés filhos de pais com VIH. Diariamente, nas cerca de 200 agências espalhadas pelos país, 115 mil mulheres dão leite materno que alimenta 140 mil crianças em todo o Brasil, num projecto co-financiado pelo Instituto Pasteur francês.

Hoje, enquanto o marido participa no segundo dia de trabalhos da Cimeira UE-Brasil (ver caixa), Bruni desloca-se à favela do Cantagalo-Pavão-Pavãozinho, para conhecer o trabalho que tem sido feito no âmbito do programa Criança Esperança, que visa tirar as crianças das favelas da miséria. A primeira-dama francesa, ex-modelo, vai ainda assistir no mesmo local a um desfile de moda criada na favela.

Ao final do dia, Bruni, que hoje comemora o seu 41º aniversário, reúne-se com o pai biológico, Maurizio Remmert, cuja existência apenas soube em 1996. É com ele e a sua família que o casal Sarkozy passará o Natal e uns dias de férias, antes de regressar a França no dia 29. 

CONSOLIDAR COOPERAÇÃO

Consolidar a relação estratégica lançada na primeira Cimeira UE--Brasil, em Lisboa, é o grande objectivo desta segunda Cimeira, que entre ontem e hoje reúne no Rio de Janeiro o presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva, o presidente em exercício da UE, Nicolas Sarkozy, e o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso. Com a crise financeira mundial inevitavelmente em cima da mesa, os líderes vão, nas palavras de Barroso, procurar 'respostas globais para desafios globais'. Já Sarkozy defendeu a reforma da ONU e o ingresso do Brasil , uma potência emergente, como membro permanente do Conselho de Segurança '. Biocombustíveis e biodiversidade serão outros dos assuntos centrais desta cimeira.

MAIS DADOS

JORNALISTAS IRRITADOS 

A visita do casal Sarkozy causou grande curiosidade entre a imprensa brasileira, mas apenas um punhado de jornalistas foi autorizado a acompanhar a primeira-dama francesa.

NA SUITE DE MADONNA

O presidente francês e a esposa estão alojados na suite presidencial do Hotel Copacabana Palace, a mesma onde na semana passada ficou a cantora Madonna.

GREVE AFECTA COMITIVA

Uma manifestação dos trabalhadores aeroportuários do Aeroporto Internacional António Carlos Jobim, no Rio de Janeiro, reteve durante algumas horas parte da comitiva oficial do presidente francês.

NOITE CULTURAL

Noite cultural Ontem à noite, o casal Sarkozy e o presidente Lula estiveram presentes no lançamento do Ano da França no Brasil, iniciativa cultural que trará de novo Sarkozy ao país em Abril.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)