Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Bruxelas ameaça com sanções

Comissão discute congelamento parcial dos fundos.
Pedro H. Gonçalves 11 de Setembro de 2016 às 13:30
Jyrki Katainen diz que Portugal tem que cumprir metas acordadas
Jyrki Katainen diz que Portugal tem que cumprir metas acordadas FOTO: EPA
A Comissão Europeia continua a pressionar Portugal com sanções caso as promessas de consolidação orçamental não sejam cumpridas. Em causa o acesso aos milhões dos fundos comunitários que podem ficar parcialmente congelados no próximo ano.

"Estamos a falar de suspensão parcial de compromissos. O que significa que os dois países podem evitar qualquer suspensão dos compromissos quando fizerem o que os dois Governos prometeram fazer em tempos de consolidação orçamental", afirmou ontem o vice-presidente da Comissão Europeia, Jyrki Katainen, sobre Lisboa e Madrid.

O ministro Mário Centeno já disse estar convicto de que Portugal evitará a suspensão parcial dos fundos, dado que o País vai cumprir as metas acordadas, apesar das dúvidas perante a execução orçamental. Bruxelas pede mais esforços para serem cumpridas as metas, mas Centeno garante: "não há medidas novas". Katainen disse esperar que a Comissão Europeia esteja em condições de apresentar uma proposta sobre o congelamento no final deste mês, após um diálogo "consultivo" com o Parlamento Europeu.
Bruxelas sanções Portugal economia finanças governo fundos UE
Ver comentários