Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Bruxelas mantém recomendação de congelamento de fundos para Hungria

Cabe agora aos Estados-membros da União Europeia pronunciar-se antes de 19 de dezembro para validar esta proposta, rejeitá-la ou alterar o montante.
Lusa 9 de Dezembro de 2022 às 23:01
Comissão Europeia
Comissão Europeia FOTO: Direitos Reservados
A Comissão Europeia manteve, esta sexta-feira, a sua recomendação de congelamento de 7,5 mil milhões de euros de fundos europeus destinados à Hungria, por considerar ainda insuficientes as últimas reformas aprovadas por Budapeste para combater a corrupção.

Cabe agora aos Estados-membros da União Europeia (UE) pronunciar-se antes de 19 de dezembro para validar esta proposta, rejeitá-la ou alterar o montante.

O Governo húngaro, cujo plano de relançamento económico de 5,8 mil milhões de euros está também dependente da realização de reformas em matéria do Estado de direito, é acusado de estar, como medida de retaliação, a bloquear vários 'dossiers' europeus fundamentais, como a ajuda financeira à Ucrânia, invadida pela Rússia a 24 de fevereiro deste ano e em guerra com o país liderado por Vladimir Putin desde então.

Hungria Bruxelas Comissão Europeia Budapeste economia negócios e finanças política economia (geral)
Ver comentários
C-Studio