Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Bush apoia reconhecimento do Kosovo

O presidente norte-americano, George W. Bush, prometeu segunda-feira trabalhar para alargar o reconhecimento internacional do Kosovo. A posição dos EUA é contrariada pela Sérvia e pela Rússia.
22 de Julho de 2008 às 10:10
Bush é contra a divisão do país
Bush é contra a divisão do país FOTO: d.r.

O Chefe de Estado norte-americano recebeu na Casa Branca, em Washington, o presidente Fatmir Sejdiu e o primeiro-ministro Hashim Thaci, naquela que foi a sua primeira viagem aos EUA enquanto responsáveis políticos de um Kosovo independente.

“Dei a minha palavra de que os Estados Unidos vão trabalhar junto dos países que ainda não reconheceram o Kosovo independente para os convecer a fazê-lo o mais rápido possível”, afirmou Bush, manifestando-se contra a divisão do país.

Na sexta-feira, a secretária de Estado norte-americana, Condoleeza Rice, anunciou a nomeação do primeiro embaixador dos EUA no Kosovo.

O Kosovo, antiga província sérvia de maioria albanesa, foi colocada sob administração da ONU em 1999. A 17 de Fevereiro deste ano foi proclamada a independência, que já foi reconhecida por cerca de 40 países.

No entanto, a questão não é consensual e a Sérvia, a Rússia, a China e a Espanha são alguns dos países que ainda não reconheceram o novo Estado.

Ver comentários