Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

BUSH DEU PRENDA À AL-QAEDA

A invasão do Iraque pelos EUA não foi apenas um erro crasso e um revés para a luta antiterrorista, foi também um "extraordinário presente" para o chefe da al-Qaeda, Osama bin Laden. Quem o afirma é um perito da CIA que, sob o directo e básico pseudónimo de 'Anónimo', publicou um livro arrasador que é já um enorme sucesso de vendas nos EUA.
9 de Agosto de 2004 às 00:00
O livro intitula-se 'Imperial Hubris: Why the West is Loosing the War on Terror' ('Arrogância Imperial: Por que razão o Ocidente está a perder a guerra contra o terrorismo'), e nele 'Anónimo' denuncia o "favor" que George Bush fez a bin Laden ao invadir o Iraque. "Isto veio ao encontro do que o chefe da al-Qaeda dizia há anos: o Ocidente quer ocupar os lugares sagrados do Islão, desembaraçar- -se dos países que ameaçam Israel e apossar-se do petróleo árabe", afirma o autor em entrevista à AFP.
Com 309 páginas, o livro foi editado há cerca de um mês nos EUA e foi um sucesso imediato, estando já na calha uma segunda edição de 200 mil exemplares.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)