Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

BUSH JÁ TEM O PLANO DE ATAQUE AO IRAQUE

Depois da decisão do presidente iraquiano Saddam Hussein em fazer frente às Nações Unidas, fontes da administração norte-americana revelaram que o presidente recebeu, no início deste mês, um plano detalhado de operações militares contra o Iraque.
23 de Setembro de 2002 às 00:08
Entretanto, o próprio Bush deixou ontem claro que os EUA vão atacar sempre que se sentirem ameaçados por terroristas ou por qualquer outro país.
Na iminência de um eventual ataque ao Iraque, duas fontes da administração Bush revelaram que o presidente norte-americano já está em posse de um plano de guerra desenvolvido pelo comandante das forças militares norte-americanas, o general Tommy Franks.

Entregue a Bush no início deste mês, o plano apresenta como objectivos a destruição do comando militar iraquiano, das suas comunicações, bem como a neutralização de lança-mísseis e locais suspeitos de armazenar armas de destruição maciça.

Satisfeito, mas sedento de perfeição, Bush vai continuar a melhorar o plano até este estar definitivamente concluído, falando-se já numa possível resolução de ataque para aprovar em Outubro.

Entretanto, o governo norte-americano, divulgou ontem um documento estratégico, onde se pode ler que os EUA vão atacar sempre que se sentirem ameaçados e que preferem agir com o apoio da comunidade internacional. Contudo, se não for possível, estão preparados para agir sozinhos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)