Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Cabo Verde: Urnas encerram em todo o país

As urnas da segunda volta das eleições presidenciais deste domingo em Cabo Verde encerraram no arquipélago às 18h00 locais (20h00 em Lisboa), perspectivando-se uma das maiores taxas de abstenção de sempre.
21 de Agosto de 2011 às 20:13

Segundo a Comissão Nacional de Eleições (CNE) cabo-verdiana, que espera poder divulgar os primeiros resultados provisórios oficiais uma hora após o encerramento das urnas, a fraca afluência permitiu o fecho das 899 mesas de voto em todo o arquipélago praticamente ao mesmo tempo

No entanto, em quatro assembleias da ilha de Santo Antão, que representam 652 eleitores, as urnas não abriram em tempo útil devido às fortes chuvadas registadas ao longo de toda a manhã, pelo que foram adiadas para segunda-feira, estando abertas entre as 08h00 e as 18h00 locais (entre as 10h00 e as 20h00 em Lisboa).

Na diáspora, e devido à diferença horária, apenas estão abertas as mesas de voto nos Estados Unidos (são menos quatro horas do que em Cabo Verde), tendo já encerrado as em África e Europa e Resto do Mundo.

Inscritos para as eleições de hoje estão 305038 eleitores, que deverão escolher o sucessor de Pedro Pires entre Jorge Carlos Fonseca e Manuel Inocêncio Sousa.

Face à previsível alta taxa de abstenção, todos os cenários estão em aberto sobre quem sucederá a Pedro Pires, tendo também de se ter em conta que os 652 votos em falta podem ser decisivos.

cabo verde eleições presidenciais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)