Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Caças americanos desaparecem no Iraque

O Exército dos EUA perdeu segunda-feira à noite o contacto com dois caças F/A-18 Hornet da Marinha, que haviam descolado do porta-aviões USS Carl Vinson, para uma missão de patrulhamento sobre o Iraque.
3 de Maio de 2005 às 09:51
Caças americanos desaparecem no Iraque
Caças americanos desaparecem no Iraque FOTO: d.r.
De acordo com um comunicado militar, a tripulação dos aparelhos, cujo destino permanece desconhecido, não comunicaram qualquer problema com os aviões nem anunciaram ter sido atacados.
Já esta terça-feira, um militar norte-americano perdeu a vida e outro ficou ferido na sequência da explosão de um engenho explosivo artesanal colocado junto a uma estrada próximo do aeroporto internacional de Bagdad.
Entretanto, confrontos registados segunda-feira entre soldados norte-americanos e rebeldes na região noroeste do país, junto à fronteira com a Síria, causaram a morte a pelo menos 12 pessoas e dois feridos, um dos quais uma criança de seis anos.
Durante a troca de tiros, ficaram também feridos seis soldados dos EUA. O incidente registou-se quando as forças da coligação tentaram interceptar um camião que se dirigia para uma localidade suspeita de albergar elementos do grupo do terrorista jordano Abu Musab al-Zarqawi.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)