Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Camionista destrói Ferrari de quase 300 mil euros para se vingar do patrão

Motorista despedido vinga-se em super desportivo de 280 mil euros do ex-patrão.
Aquela Máquina 11 de Maio de 2020 às 17:26

Definitivamente, um Ferrari não tem meios para resistir às investidas de um camião. Este domingo, tornaram-se virais duas fotografias que ilustram um semi-atrelado a trepar por cima de um exclusivo Ferrari GTC4 Lusso. E a notícia tem tudo para entrar nos compêndios da estupidez!

Como avança a publicação "Carscoops", o motorista foi contratado há uma semana por uma empresa de camionagem de Chicago.

Ora, nos quatros dias que decorreram até ao "acidente", na quinta-feira, o condutor apenas tinha feito um serviço, o que levou à sua dispensa.

A conversa terá sido a mais educada possível, quando se trata de um despedimento, mas o trabalhador não encarou a decisão com bons olhos.

Primeiro, perguntou ao patrão se o Ferrari que estava no parque da empresa era dele; sem pensar, ele respondeu-lhe que sim. 

Logo de seguida, correu para um camião que estava à mão de semear enquanto gritava "vais ver o que acontece quando sou lixado!".

O empresário ainda tentou impedi-lo mas nada havia a fazer: o camião já estava em cima do bólide para testar a sua resistência.

E tudo aconteceu porque, ao que parece, o motorista ficou furioso por lhe ter sido dado um camião de 2019 quando o que ele queria era conduzir um modelo de 2020!

Equipado com um bloco V8 de 3,9 litros, o Ferrari GTC4 Lusso desenvolve 610 cv de potência e 760 Nm de binário máximos, passados às rodas traseiras por uma transmissão automática sequencial de sete relações.

Concebido para uma velocidade máxima de 320 km/hora, demorando apenas 3,5 segundos para saltar dos 0 para os 100 km/hora, é vendido no nosso país por cerca de 280 mil euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)