Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Canalizador derrete corações na Internet depois de recusar pagamento a idosa com leucemia

James Anderson tem uma empresa sem fins lucrativos e já ajudou milhares de pessoas.
Correio da Manhã 18 de Setembro de 2019 às 17:36
Canalizador
Canalizador FOTO: Getty Images

Um canalizador está a derreter os corações dos internautas depois de ter sido revelado que conserta canos e caldeiras a clientes vulneráveis sem qualquer custo.

A generosidade de James Anderson, de 52 anos, foi tornada pública depois de uma fatura, que mostrava não ter sido cobrado nenhum valor pelo serviço, ter sido publicada nas redes sociais.

Essa fatura seria direcionada a uma mulher de 91 anos que sofre de leucemia aguda e constava da informação: "Sob nenhuma circunstância essa senhora vai ser cobrada. Estaremos disponíveis 24 horas para ajudá-la e mantê-la o mais confortável possível".

Segundo o jornal britânico Metro, o homem não esperava tantas reações positivas.

Depois de ver um idoso a ser maltratado por outro canalizador, James decidiu deixar o seu emprego e começar uma empresa sem fins lucrativos. Desde 2017 que trabalha com a sua empresa Depher e já ajudou milhares de pessoas com necessidades.

O homem confessou ao Metro que a sua mudança de trabalho o fez contrair dívidas de cerca de nove mil euros, embora insista que tem tudo sob controlo. "Muitas pessoas próximas a mim perguntam porque me estou a endividar. Para mim uma dívida é uma dívida. Eu prefiro dever dinheiro a alguém e outra pessoa estar viva, feliz e segura", esclarece.

"Não quero que nenhuma pessoa idosa e com deficiência, nos dias de hoje, morra ou sofra por causa de uma casa fria ou por falta de dinheiro para consertar a caldeira", concluiu James.

James Anderson canalizador clientes saúde empresa sem fins lucrativos generosidade
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)