Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Caos em Londres faz 29 feridos (COM FOTOS)

Pelo menos 42 pessoas foram detidas na sequência dos distúrbios registados na noite de sábado em Tottenham, no norte de Londres, onde vários veículos e edifícios foram incendiados e lojas saqueadas.
7 de Agosto de 2011 às 13:37
Muitos moradores passaram noite em pânico e não entendem dimensão do protesto
Manifestação, inicialmente pacífica, acabou no arremesso de objectos a polícias e à esquadra local
Muitos objectos foram incendiados nas ruas de Tottenham
Houve quem tenha aproveitado o caos para registar o momento
Noite de chamas em Croydon Surrey
Polícia tem tentado conter desacatos e interveio sobre jovens problemáticos
Vandalismo atingiu vários estabelecimentos comerciais
Pelo menos oito agentes da polícia acabaram feridos na sequência dos tumultos
Noite a norte de Londres foi dominada pelas chamas
Actos violentos levaram a polícia a responder com violência também
Depois de interromper as férias, David Cameron falou em conferência de imprensa para descrever
Lojas foram pilhadas e houve muitas que ficaram destruídas
Chamas foram controladas mas há muito a fazer
Noites têm sido de alta tensão em várias cidades britânicas
Vários veículos estacionados sucumbiram às chamas
Bombeiros foram chamados ao local e tiveram longa noite de trabalhos
Fogo foi registado em vários locais e os estragos já são de relevo
Na manhã deste domingo, foi possível ver melhor os estragos
Fogo fez grandes danos e assustou muita gente
Muitos moradores passaram noite em pânico e não entendem dimensão do protesto
Manifestação, inicialmente pacífica, acabou no arremesso de objectos a polícias e à esquadra local
Muitos objectos foram incendiados nas ruas de Tottenham
Houve quem tenha aproveitado o caos para registar o momento
Noite de chamas em Croydon Surrey
Polícia tem tentado conter desacatos e interveio sobre jovens problemáticos
Vandalismo atingiu vários estabelecimentos comerciais
Pelo menos oito agentes da polícia acabaram feridos na sequência dos tumultos
Noite a norte de Londres foi dominada pelas chamas
Actos violentos levaram a polícia a responder com violência também
Depois de interromper as férias, David Cameron falou em conferência de imprensa para descrever
Lojas foram pilhadas e houve muitas que ficaram destruídas
Chamas foram controladas mas há muito a fazer
Noites têm sido de alta tensão em várias cidades britânicas
Vários veículos estacionados sucumbiram às chamas
Bombeiros foram chamados ao local e tiveram longa noite de trabalhos
Fogo foi registado em vários locais e os estragos já são de relevo
Na manhã deste domingo, foi possível ver melhor os estragos
Fogo fez grandes danos e assustou muita gente
Muitos moradores passaram noite em pânico e não entendem dimensão do protesto
Manifestação, inicialmente pacífica, acabou no arremesso de objectos a polícias e à esquadra local
Muitos objectos foram incendiados nas ruas de Tottenham
Houve quem tenha aproveitado o caos para registar o momento
Noite de chamas em Croydon Surrey
Polícia tem tentado conter desacatos e interveio sobre jovens problemáticos
Vandalismo atingiu vários estabelecimentos comerciais
Pelo menos oito agentes da polícia acabaram feridos na sequência dos tumultos
Noite a norte de Londres foi dominada pelas chamas
Actos violentos levaram a polícia a responder com violência também
Depois de interromper as férias, David Cameron falou em conferência de imprensa para descrever
Lojas foram pilhadas e houve muitas que ficaram destruídas
Chamas foram controladas mas há muito a fazer
Noites têm sido de alta tensão em várias cidades britânicas
Vários veículos estacionados sucumbiram às chamas
Bombeiros foram chamados ao local e tiveram longa noite de trabalhos
Fogo foi registado em vários locais e os estragos já são de relevo
Na manhã deste domingo, foi possível ver melhor os estragos
Fogo fez grandes danos e assustou muita gente

O comandante da Polícia Metropolitana Adrian Hanstock actualizou o balanço dos confrontos entre populares e polícias, dando conta de 26 polícias feridos, dois dos quais continuam no hospital.

Pelo menos três civis tiveram de receber assistência médica, adiantou, e 43 pessoas foram detidas.          

Este responsável rejeitou críticas feitas à falta de meios policiais, alegando que a "violência desta dimensão não podia ter sido antecipada".           

Mas o deputado eleito pela região, David Lammy, questionou neste domingo se "pequenos distúrbios iniciais podia ter sido parados mais rapidamente".          

O político lamentou que a violência se tenha prolongado "durante muitas horas" até ser visto o policiamento que considerou "ser apropriado".          

O Governo já condenou o sucedido, que o primeiro-ministro, David Cameron, considerou "absolutamente inaceitável".          

"Não há justificação para a agressão que a polícia e a população enfrentaram e os estragos a propriedades", afirmou num comunicado.          

No local estão dezenas de elementos de forças de segurança, bem como bombeiros, que continuam a tentar eliminar os incêndios da noite anterior.            

londres reino unido tumultos david cameron tottenham
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)