Casa de família portuguesa desfeita em Londres já está para venda

Adelino matou a mulher à facada e depois atirou-se com os filhos de um penhasco.
Por Pedro H. Gonçalves e Miguel Curado|11.03.18
No meio do pacato bairro londrino de Twickenham, Inglaterra, fica a casa de dois pisos (avaliada em 700 mil euros), onde residia a família portuguesa (casal Adelino e Laura Figueira de Faria, e os dois filhos, de 7 e 10 anos), brutalmente desfeita esta semana. O CM esteve junto ao imóvel, onde a mulher foi esfaqueada até à morte pelo companheiro e de onde este partiu com os dois filhos para uma viagem de 140 quilómetros, acabando por se suicidar atirando-se com as crianças para as águas do canal da Mancha, de um penhasco com cerca de 160 metros de altura.

A casa, que os portugueses tinham arrendado através de uma agência imobiliária, já está para venda. A casa pertence a uma imigrante polaca que não conhecia o casal.

O vidro da porta principal permanece por substituir, depois de ter sido partido por polícias ao final da tarde de segunda-feira, após receberem o alerta de crime. A Scotland Yard (polícia de investigação britânica), que de imediato tomou conta do caso, criou um perímetro de segurança em redor do imóvel e as fitas ali colocadas permanecem.

Os estores da maioria das janelas da casa estão fechados.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!