Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Casal morre vítima de Covid-19 e deixa cinco filhos órfãos

Filha mais nova tinha apenas três semanas de vida.
Correio da Manhã 13 de Setembro de 2021 às 18:41
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Direitos Reservados
Daniel Macias, de 39 anos, morreu vítima da Covid-19 duas semanas depois da sua mulher Davy Macias, uma enfermeira de 37 anos grávida, ter morrido vítima da mesma doença, na Califórnia, Estados Unidos. Davy, que trabalhou em enfermaria no decorrer da pandemia, deu à luz oito dias antes de morrer, adiantou o diário norte-americano The Washington Post.

Daniel e Davy deram entrada nos cuidados intensivos do hospital depois de testarem positivo à Covid-19, no mês passado. Davy, por receio de prejudicar a gravidez, não estava vacinada contra a Covid-19.

O casal desenvolveu sintomas após ter passado férias em família e ter ido a um parque aquático interior, no final de julho, alegou a família das vítimas. Toda a família testou positivo, mas apenas o casal sofreu sintomas mais pronunciados.

Davy tinha trabalhado em enfermaria na parte da maternidade, durante a pandemia, no Centro Médico Kaiser Fontana. David era professor de matemática no liceu Jehue no Condado de San Bernardino. 

O filho mais velho tem 7 anos e o mais novo três semanas e, atualmente, encontram-se à tutela dos avós paternos, avançou a família.
Covid-19 morte família
Ver comentários