Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Casal português morre em praia sem vigilância em Valência

Homem era professor em Vila Verde.
20 de Agosto de 2017 às 17:15
Praia de Racó de Cullera em Valência
Praia de Racó de Cullera em Valência
Praia de Racó de Cullera em Valência
Praia de Racó de Cullera em Valência
Praia de Racó de Cullera em Valência
Praia de Racó de Cullera em Valência

Um homem, de 59 anos e uma mulher de 57, ambos portugueses, morreram afogados na passada sexta-feira, na praia de Racó de Cullera em Valência. Esta praia é uma zona sem vigilância.

O casal foi resgatado por um grupo de nadadores salvadores que estavam perto do local.

O alerta foi dado por volta das 19h15. Os serviços de saúde receberam o alerta de que os dois portugueses estavam com dificuldades e pediram ajuda.

A portuguesa foi retirada por um agente da Guarda Civil que estava de folga e o homem, professor em Vila Verde, foi ajudado por várias pessoas que estavam na praia.

Ao local chegou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que realizaram manobras de reanimação durante 40 minutos, mas sem efeito. Os portugueses foram identificados devido a alguns detalhes, entre eles a chave de uma viatura cuja localização permitiu conhecer a identidade das vítimas.

A Escola Secundária de Vila Verde já reagiu nas redes sociais deixando as condolências à família. "É com profundo pesar, ainda incrédulos, que partilhamos a notícia do falecimento do professor Carlos Seixas e esposa. À família apresentamos as nossas condolências", refere o comunicado da escola.




Ver comentários