Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Escândalo sexual suspende políticos britânicos

Jahangir Akhtar, Roger Stone, Gwendoline Ann Russell e Shaukat Ali são suspeitos de violar menores em Inglaterra.
2 de Setembro de 2014 às 09:49
Cerca de 1400 crianças foram exploradas ao longo de 16 anos em Rotherham, Inglaterra
Cerca de 1400 crianças foram exploradas ao longo de 16 anos em Rotherham, Inglaterra FOTO: Ricardo Cabral

O Partido Trabalhista (Labour Party) do Reino Unido suspendeu quatro membros, na sequência de um relatório sobre o escândalo de abuso sexual de menores de Rotherham, Inglaterra.

Jahangir Akhtar, Roger Stone, Gwendoline Ann Russell e Shaukat Ali vão ser agora investigados pelo partido social-democrata de centro-esquerda.

Cerca de 1400 crianças foram exploradas ao longo de 16 anos em Rotherham, Inglaterra, noticiou na passada terça-feira o jornal britânico 'The Guardian'.

CASOS OCORRIDOS ENTRE 1997 E 2013

O relatório divulgado aborda os acontecimentos ocorridos na cidade do condado de South Yorkshire, entre 1997 e 2013, referindo que "é difícil descrever a natureza terrível do abuso que as crianças sofreram".

O relatório refere que, em mais de um terço desses casos, os jovens já eram conhecidos pela agência britânica de proteção de menores. Segundo o documento, houve "flagrantes" falhas coletivas de liderança nas instituições locais.

rotherham inglaterra suspensão labour party
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)