Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Catalunha não é nação

O primeiro-ministro espanhol, José Rodríguez Zapatero, assegurou ontem que o novo Estatuto autonómico da Catalunha terá de ser modificado, devendo ser revisto, nomeadamente, o artigo que designa a região espanhola como uma nação.
7 de Outubro de 2005 às 00:00
Zapatero não esclareceu, no entanto, se a modificação implica uma anulação do termo no artigo primeiro do projecto, mas insistiu que a Constituição espanhola reserva, de forma clara, a designação de nação ao conjunto das regiões espanholas. “Nem recusa formal nem aceitação cega. O projecto de Estatuto não é nem as tábuas da lei nem uma pedra que se possa atirar fora”, afirmou Zapatero, definindo os parâmetros de um diálogo construtivo. Nesse debate pretende incluir o Partido Popular (PP), empenhado em bloquear o projecto.
Dirigindo-se a Mariano Rajoy, líder do PP, Zapatero instou-o a “deixar de meter medo aos espanhóis sobre o nosso futuro e a nossa convivência”.
As emendas prometidas podem, no entanto, revelar-se ‘dolorosas’, pois os líderes catalães já fizeram saber que não aceitarão uma ‘diluição’ do significado do termo nação.
Ver comentários