Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Catalunha: "Tsunami Democràtic" anuncia mobilização em Barcelona em dia de clássico de futebol

Plataforma coordena ações de desobediência civil em protesto contra a condenação de independentistas catalães.
Lusa 29 de Novembro de 2019 às 16:45
Tsunami Democràtic, o movimento que trouxe Guardiola para os protestos na Catalunha
Tsunami Democràtic, o movimento que trouxe Guardiola para os protestos na Catalunha FOTO: Direitos Reservados
A plataforma "Tsunami Democràtic", que coordena ações de desobediência civil em protesto contra a condenação de independentistas catalães, anunciou esta sexta-feira um "dia de mobilização" em 18 de dezembro, dia do clássico de futebol entre FC Barcelona e Real Madrid.

Em comunicado divulgado nas redes sociais, o grupo "convida os cidadãos a reservar a data" de 18 de dezembro e a "deslocarem-se à cidade de Barcelona", pedindo que "confirmem a presença" através de uma aplicação.

O grupo de protesto catalão solicitou aos "sócios e adeptos com bilhetes para o jogo" que enviem uma mensagem interna de confirmação através da aplicação da "Tsunami Democràtic", assinalando no fim do comunicado: "Dia 18, vamos jogar o clássico".

No passado dia 21, esta plataforma divulgou um outro comunicado, em que propunha ao FC Barcelona e ao Real Madrid que permitissem a exibição de um cartaz com a palavra de ordem "Espanha, sente-se e converse" durante o clássico em Camp Nou.

No comunicado, a "Tsunami Democràtic" pediu aos dois clubes que "se envolvessem" para tornar evidente, durante o jogo, a "anormalidade política".

No entanto, pouco depois, a "Tsunami Democràtic" explicou que não propôs "a exibição de um cartaz mas sim tornar evidente, nas bancadas do campo, a situação de excecionalidade" que a Catalunha enfrenta.

O clássico entre FC Barcelona e Real Madrid deveria ter sido disputado em 26 de outubro, mas devido à tensão social e política na Catalunha foi adiado para 18 de dezembro.

A plataforma "Tsunami Democràtic" promoveu no dia 14 de outubro a primeira mobilização contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães, no Aeroporto de El Prat.

O Supremo Tribunal espanhol condenou, nesse dia, os principais dirigentes políticos desta comunidade autónoma espanhola envolvidos na tentativa de independência da Catalunha a penas que vão até um máximo de 13 anos de prisão.

Catalunha Tsunami Democràtic Barcelona Real Madrid FC Barcelona desporto futebol questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)