Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Centenas visitaram clube de strip e agora vão ficar 14 dias em quarentena. Trabalhadora infetada com Covid-19

Ministro questionou-se sobre o que os homens iriam dizer às suas mulheres.
Correio da Manhã 15 de Agosto de 2020 às 13:52
Strip tease
Strip tease FOTO: Getty Images
Mais de 500 pessoas vão ser obrigadas a realizar 14 dias de quarentena depois de terem visitado um clube de strip onde uma trabalhadora testou positivo para a Covid-19, em Ontário, no Canadá.

É a primeira vez que as autoridades do Canadá emitem um aviso desde a reabertura das casas noturnas e restaurantes. O primeiro-ministro do Canadá questionou-se ainda sobre como é que os homens iriam explicar às mulheres o facto de terem de passar por 14 dias de quarentena, por terem visitado o clube de strip.

Não é conhecida a identidade do trabalhador ou trabalhadora que testou positivo à Covid-19, mas sabe-se que trabalhou nos dias 4, 5, 7 e 8 de agosto.

O clube está a entrar em contacto com as pessoas que marcaram presença no salão nos dias referidos. No Canadá, os estabelecimentos são obrigados a manter um registo de cada cliente durante a pandemia.

No Instagram, o clube anunciou o encerramento de portas após o funcionário/a ter testado positivo para a Covid-19.
Covid-19 Canadá Ontário questões sociais assistência prolongada demografia emigrantes
Ver comentários