Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Cerca de 400 manifestantes detidos na Alemanha

Protestos junto à convenção do partido anti-imigração.
30 de Abril de 2016 às 12:05
Centenas de manifestantes tentaram bloquear as ruas junto à convenção do partido anti-imigração alternativa para a Alemanha
Centenas de manifestantes tentaram bloquear as ruas junto à convenção do partido anti-imigração alternativa para a Alemanha FOTO: Wolfgang Rattay/Reuters

Perto de 400 pessoas foram detidas este sábado num protesto que tentava bloquear o acesso ao congresso do partido alemão AfD, em Estugarda, tendo sido registados confrontos entre militantes de esquerda e membros do partido.

Às 09h30 locais (08h30 em Lisboa) a polícia de Estugarda tinha detido 400 pessoas, de acordo com um porta-voz daquela autoridade em declarações à AFP.

Vários manifestantes haviam incendiado pneus e lançado petardos contra polícias e jornalistas, de acordo com a mesma fonte.

"Nenhum direito para a propaganda nazi", gritava um grupo de manifestantes fora do palácio do congresso e do aeroporto de Estugarda, onde a circulação foi parcialmente cortada e as viaturas paradas na via rápida para deixar passageiros.

O partido Alternativa para a Alemanha (AfD, na sigla em alemão), fundado em 2013 na base de um discurso antieuro a partir do qual entretanto passou a proferir uma linha ideológica contra refugiados e contra o Islão, vai ter o seu congresso entre este sábado e domingo, onde são esperados 2.400 membros.

As mais recentes sondagens dão-lhe 14% dos votos, com perspetivas de entrar no parlamento federal nas eleições do próximo ano.

O AfD é liderado por Frauke Petry e Jörg Meuthen e tem representação no Parlamento Europeu, bem como em metade dos parlamentos regionais alemães.

O AfD deverá dotar-se de um programa este fim de semana, pela primeira vez em três anos de existência, e tem, entre as moções a serem votadas, a interdição dos minaretes - "símbolos da dominação islâmica" -, dos chamamentos dos muezim e do véu.

É também esperado que o partido vote uma aproximação à Frente Nacional francesa e ao FPÖ austríaco no Parlamento Europeu, questão há muito controversa no seio do partido, que procura evitar o rótulo de "extrema-direita".

Estugarda Alemanha política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)