Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Chama táxi para a discoteca 25 minutos depois de lhe ser dito para ficar de quarentena

Mulher tinha estado em contacto com doente com Covid-19.
Correio da Manhã 9 de Outubro de 2020 às 20:03
Táxi Inglaterra
Táxi Inglaterra FOTO: Getty Images
Uma mulher inglesa que tinha estado em contacto com uma pessoa que testou positivo à Covid-19 e a quem foi dito para fazer quarentena em Cumbria (Inglaterra), chamou um táxi e foi para a discoteca apenas 25 minutos depois de ter sido noticiada. A informação foi avançada pelo jornal britânico Metro. A mulher acabou multada em 1.000 libras, o equivalente a 1.100 euros.

"Esta foi uma violação flagrante das normas e colocou em risco desnecessário todos aqueles com quem esta mulher entrou em contacto", disse ao Mirror o agente Carl Patrick, da polícia local.

"Esta ação egoísta pode, conscientemente, colocar outras pessoas em risco", alertou a presidente da Câmara Municipal local, Ann Thomson, em entrevista à mesma publicação.

A região inglesa onde se deu o 'incidente' regista atualmente de 225,2 casos positivos de Covid-19 por cada 100 mil habitantes.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Cumbria Inglaterra Covid-19 coronavírus pandemia quarentena polícia discoteca táxi
Ver comentários