Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Chavez pede libertação de reféns

O presidente da Venezeula, Hugo Chavez, apelou domingo à libertação de todos os reféns na posse das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), considerando que a guerrilha já não é actual na América Latina.
9 de Junho de 2008 às 08:36
Chavez falou no seu habitual programa de domingo
Chavez falou no seu habitual programa de domingo FOTO: d.r.

“Creio que chegou o momento para as FARC de libertar todos os reféns que detenha na montanha sem nada em troca. Este será um grande gesto humanitário”, afirmou Chavez no seu habitual programa de rádio e televisão.

No seu discurso, o presidente da Venezuela defendeu que “na América Latina, um movimento guerrilheiro armado não está actualmente na ordem do dia, é isso que é preciso dizer às FARC”.

A guerrilha colombiana tem um novo líder desde Maio, Alfonso Cano, a quem Chavez garantiu que, depois da libertação dos reféns, serão iniciadas negociações sobre um eventual acordo de paz.

Ver comentários