Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

CHÁVEZ VENCEU SEM FRAUDE

Os resultados do referendo da semana passada na Venezuela foram confirmados por uma auditoria realizada pelo Conselho Nacional de Eleições (CNE) e por observadores estrangeiros. O referendo, recorde-se, foi favorável à permanência no poder do presidente Hugo Chávez.
23 de Agosto de 2004 às 00:00
A auditoria faz cair por terra as alegações de fraude mantidas pela oposição e legitima, de novo, o mandato de Chávez, que termina em 2007.
O CNE, apoiado pelo Centro Carter e por observadores da Organização de Estados Americanos (OEA), analisou 150 mesas de voto escolhidas ao acaso e comparou os resultados da votação electrónica com os papéis de confirmação do voto. Para Cesar Gaviria, secretário-geral da OEA, não há prova de fraude, opinião partilhada por Jorge Rodríguez, director do CNE, que deu por encerrado o referendo e apelou à oposição para respeitar a vontade da maioria.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)