Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Chefe do Governo de Hong Kong diz que manifestações vão levar território ao abismo

Líder do Governo acrescentou que o território está "seriamente ferido" e que vai levar "muito tempo a recuperar".
Lusa 13 de Agosto de 2019 às 05:03
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong
Polícia recorre a gás lacrimogéneo e cassetetes para desmobilizar manifestantes em Hong Kong

A chefe do Executivo de Hong Kong advertiu esta terça-feira que a violência das manifestações pró-democracia vai levar o território para "um abismo" e a "uma situação preocupante e perigosa".

"A violência (...) vai empurrar Hong Kong para um abismo e mergulhar a sociedade de Hong Kong numa situação preocupante e perigosa", afirmou Carrie Lam, em conferência de imprensa.

A líder do Governo acrescentou que o território está "seriamente ferido" e que vai levar "muito tempo a recuperar", pedindo que "todos coloquem as diferenças de lado e se acalmem".

Hong Kong Governo distúrbios guerras e conflitos política
Ver comentários