Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

"Chega a todos nós a sua vez"

Líder cubano despede-se em Congresso do PCC.
Francisco J. Gonçalves 21 de Abril de 2016 às 08:39
Líder histórico cubano disse um adeus emocionado aos camaradas de partido
Líder histórico cubano disse um adeus emocionado aos camaradas de partido FOTO: Omara Garcia Mederos/EPA
Numa rara aparição pública desde que deixou o poder, em 2008, Fidel Castro, líder histórico da revolução cubana, discursou esta quarta-feira no fecho do congresso do Partido Comunista de Cuba (PCC) numa alocução em que silenciou os rumores sobre a sua saúde ao falar abertamente da morte. "Vou fazer 90 anos e em breve serei como os outros. Chega a todos nós a sua vez", afirmou.

A comoção dos mais de 1300 delegados do PCC presentes aumentou quando Fidel disse: "Talvez esta seja uma das últimas vezes que fale nesta sala."

Fidel reiterou a fé nos ideias da revolução. "As ideias comunistas permanecerão", disse, elogiando os esforços do sucessor, o irmão Raúl Castro.

O líder atual prometeu reformas nos próximos anos, uma das quais será limitar a dez anos os mandatos de altos cargos do Estado. Para dar o exemplo, Castro anunciou que sai em 2018, quando termina o seu segundo mandato.
Fidel Castro Partido Comunista de Cuba PCC Raúl Castro política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)