Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

China atraiu mais investimento externo do que os EUA

A China foi o maior receptor de investimento externo directo (FDI) no primeiro semestre de 2012, ultrapassando os Estados Unidos, pela primeira vez em nove anos, indicam estatísticas da ONU citadas esta sexta-feira na imprensa oficial chinesa.
26 de Outubro de 2012 às 11:16
A China foi o maior receptor de investimento externo directo (FDI) no primeiro semestre de 2012, ultrapassando os Estados Unidos
A China foi o maior receptor de investimento externo directo (FDI) no primeiro semestre de 2012, ultrapassando os Estados Unidos FOTO: d.r.

Entre Janeiro e Junho deste ano, o FDI na China somou 59 mil milhões de dólares (45,6 mil milhões de euros), uma diminuição de três por cento em relação a igual período de 2011, mas mais 2,6 mil milhões de dólares (dois mil milhões de euros) do que os Estados Unidos, onde o FDI registou uma queda de 39,2 por cento, diz um relatório da Conferencia das Nações Unidas para o Comércio e o Investimento (UNCTAD).

"Os investidores globais continuam a confiar na segunda maior economia do mundo apesar do seu abrandamento", comentou o jornal China Daily.

O FDI global no primeiro semestre de 2012 caiu 8 por cento em relação ao ano anterior, para 668 mil milhões de dólares (517,1 mil milhões de euros), e na União Europeia, por exemplo, diminuiu 3,8 por cento, indicou a UNCTAD.

Desde 2003, os Estados Unidos da América sempre foram o maior receptor de FDI e pelas previsões daquela agência da ONU, no segundo semestre de 2012, o investimento externo naquele país "poderá ser muito mais elevado".

A economia chinesa, a segunda maior do mundo, a seguir aos Estados Unidos, cresceu 7,7 por cento nos primeiros nove meses de 2012, menos 2,2 pontos percentuais do que a média das últimas três décadas.

Comércio China EUA investimento
Ver comentários