Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

China enviou sonda para lado oculto da Lua numa missão espacial inédita

Pequim demonstra, desta forma, a sua crescente ambição espacial.
Lusa 7 de Dezembro de 2018 às 21:01
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4
Modelo à escala da sonda Chang'e 4

A China enviou esta sexta-feira uma sonda para o lado oculto da Lua, onde espera colocar um veículo robotizado para estudar a zona da superfície lunar que não pode ser vista da Terra, um feito inédito na exploração espacial.

O engenho "Chang'e-4", que tem o nome da deusa chinesa da Lua, foi lançado hoje (sábado na China) do Centro Espacial de Xichang, segundo a agência noticiosa chinesa Xinhua.

Trata-se da segunda missão espacial chinesa a colocar uma sonda na superfície da Lua, depois de uma outra, em 2013.

China Terra Xinhua Lua Chang Centro Espacial de Xichang ciência e tecnologia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)