Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

China: Morte por não saber escrever banana

Um casal chinês espancou até à morte a filha de três anos por ela não se lembrar do caracter chinês usado para escrever “banana”, na província de Henan.
1 de Junho de 2007 às 12:40
Os maus tratos tiveram início no domingo quando o pai começou a bater com o chinelo na menina depois de ela acertar todos os caracteres que tinha aprendido, excepto o que simboliza “banana”, refere o jornal ‘Beijing Daily Messenger’. No dia seguinte a menina voltou a esquecer-se do caracter e foi a vez de a mãe lhe bater.
O estado de saúde da menina foi piorando, mas o pai optou por ignorar os apelos da mãe para transportar a menina ao hospital, alegando não ter dinheiro. Na terça-feira, a mãe levou mesmo a filha ao hospital local, tendo esta acabado por perder a vida na instituição.
A polícia prendeu os progenitores. O pai é membro do corpo político consultivo do Partido Comunista, partido único que governa a China.
O sistema educativo na China começa por obrigar à memorização dos caracteres, como forma de selecção disfarçada. Os alunos são muitas vezes avaliados e admitidos pelo número de palavras que conseguem memorizar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)