Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Chip implantado no cérebro dá choques sempre que pensa em comida

Ensaio clínico terá seis participantes e durará cinco anos.
Correio da Manhã 14 de Agosto de 2019 às 15:00
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade
Obesidade

Seis pessoas obesas concordaram em fazer parte de ensaios clínicos cujo objetivo é implantar um chip no cérebro que dá choques sempre que o sujeito com o chip implantado pensa em comida. 

O chip, conhecido por ser um sistema de neuroestimulação responsiva, foi originalmente desenvolvido por uma empresa de tecnolgia médica dedicada ao tratamento de doentes com epilepsia. 

Uma vez implantado no cérebro, o objeto grava a atividade cerebral de forma contínua e aciona um pequeno choque ao sujeito implantado sempre que deteta um determinado padrão de atividade cerebral. Inicialmente este chip detetava sinais que levassem a uma convulsão de um paciente com epilepsia. 

Um estudo recente publicado na revista académica Proceedings of the National Academy of Sciences revelou que esta técnica por ser usada para suprimir comportamento de compulsão alimentar após testes em ratos.

Agora, os cientestas da Universidade de Stanford querem ir mais longe com estes testes e verificar se o mesmo funciona com seres humanos que não conseguem controlar a compulsão alimentar.

O ensaio clínico, que durará cinco anos, terá seis participantes que terão os chips implantados 18 meses consecutivos de cada vez. 

O chip vai observar a atividade cerebral durante seis meses para detetar padrões que levam à compulsão alimentar e posteriormente passará a reagir com pequenos choques sempre que detetar estes sinais. 

Os cientistas alertam que este chip só servirá para pessoas em casos extremos de obesidade.

saúde doenças obesidade chip ciência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)