Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Cientistas descobrem anticorpo capaz de neutralizar a Covid-19

Molécula biológica foi utilizada para elaborar um medicamento - o Ab8 - que poderá ser utilizado para tratar e prevenir o novo coronavírus.
Mariana Branco/SÁBADO 15 de Setembro de 2020 às 17:31
Cientistas da faculdade de medicina da Universidade de Pittsburgh isolaram uma pequena molécula biológica que "neutraliza completa e especificamente" o vírus da Covid-19. Este componente de anticorpo, dez vezes mais pequeno que um anticorpo de tamanho normal, foi utilizado para elaborar um medicamento - o Ab8 - que poderá ser utilizado para tratar e prevenir o novo coronavírus.

O estudo, publicado na revista científica Cell, esclarece que o fármaco é extremamente eficaz para prevenir e tratar a infeção pelo novo coronavírus em ratos e hamsters. Graças ao seu pequeno tamanho, aumenta o seu potencial de difusão nos tecidos para neutralizar melhor o vírus e permite administrar o medicamento por vias alternativas como a inalação. 


Os cientistas salientam ainda que este fármaco não se une às células humanas, o que é um bom sinal relativamente aos possíveis efeitos secundários que poderia trazer.

"O Ab8 não tem apenas potencial como terapia para a Covid-19, mas poderia ser usado para evitar que as pessoas contraiam infeções por coronavírus" explica, citado pelo El Mundo, John Mellors, um dos cientistas responsáveis pelo estudo. "Os anticorpos de maior tamanho atuaram contra outras doenças infecciosas e foram bem tolerados, o que nos dá esperança de que poderia ser um tratamento eficaz para os pacientes com Covid-19 e para a proteção daqueles que nunca tiveram a infeção e não são imunes", adiantou o investigador Xianglei Liu.

O pequeno componente do anticorpo foi descoberto ao "pescar" num grupo de mais de 100 milhões de candidatos, utilizando a proteína do SARS-CoV-2 como isco. 

"A pandemia do novo coronavírus é um desafio global que enfrenta a humanidade, mas é provável que a ciência o engenho humano o superem", concluiu Mellors.

Ver comentários