Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Cinemas dos EUA vão exibir filme na origem de ciberataque contra Sony

O filme é sobre uma conspiração da agência de espionagem CIA para assassinar o líder norte-coreano, Kim Jong-Un.
23 de Dezembro de 2014 às 19:22
Cartaz do filme 'The interview'
Cartaz do filme 'The interview' FOTO: Kevork Djansezian/Reuters

Cinemas dos Estados Unidos anunciaram esta terça-feira que vão exibir a comédia produzida pelos estúdios 'Sony Pictures' sobre o assassinato do líder da Coreia do Norte, desafiando ameaças de ataques informáticos.

O filme "Uma entrevista de loucos" ('The interview', no título original)" - uma conspiração da agência de espionagem CIA para assassinar o líder norte-coreano, Kim Jong-Un - tem estreia marcada para quinta-feira, dia de natal, a data prevista de exibição antes de a Sony ter sido alvo do pior ciberataque registado nos Estados Unidos.

O ataque paralisou o sistema informático da empresa e incluiu a difusão, na Internet, de cinco filmes dos estúdios, alguns ainda por estrear, de dados pessoais de 47 mil empregados, de documentos confidenciais, como o argumento do próximo filme da saga James Bond, e de um conjunto de mensagens de correio eletrónico embaraçosas para os dirigentes da Sony.

Os Estados Unidos responsabilizaram a Coreia do Norte pelo ataque, que foi reivindicado pelo grupo de piratas informáticos GOP, e exigiram uma indemnização para a Sony. A Coreia do Norte negou qualquer envolvimento no ataque e ameaçou Washington com represálias caso seja alvo de sanções.

cinemas eua kim jong-un coreia do norte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)