Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Cirurgias deixaram Fidel em estado grave

Complicações médicas derivadas de três operações falhadas deixaram Fidel Castro à beira da morte, noticiou o diário espanhol ‘El País’, que publicou o primeiro historial médico do líder cubano desde que foi internado, em Julho.
17 de Janeiro de 2007 às 00:00
O ‘El País’ assegura que o estado da saúde do líder cubano Fidel Castro é “muito grave”. Na ausência de Fidel, é o seu irmão, Raul Castroquem tem conduzido os destinos de Cuba
O ‘El País’ assegura que o estado da saúde do líder cubano Fidel Castro é “muito grave”. Na ausência de Fidel, é o seu irmão, Raul Castroquem tem conduzido os destinos de Cuba FOTO: Reuters
Segundo o jornal, que cita fontes do Hospital Gregório Marañon, de Madrid – onde trabalha o cirurgião José Sabrido, que em Dezembro visitou Fidel em Cuba –, o líder cubano sofreu em Julho uma grave infecção do intestino grosso, agravada por uma peritonite. Fidel foi então submetido a uma primeira operação, durante a qual lhe foi retirada parte do intestino grosso e do recto, tendo os médicos ligado directamente a parte central do intestino ao recto. Esta ligação não cicatrizou bem devido a uma infecção, e as fezes passaram para o abdómen de Fidel, causando outra peritonite. Seguiu-se então uma segunda operação para limpar e drenar a zona infectada, tendo sido removido todo o intestino grosso e implantado um ânus artificial.
Esta segunda operação também não teve o resultado desejado: Fidel sofreu nova infecção, desta vez nas vias biliares, obrigando à realização de uma terceira cirurgia para substituir uma pequena prótese.
Em Dezembro, quando foi visitado por José Sabrido, os médicos estavam a ponderar uma nova intervenção devido a uma ferida abdominal que levava à perda diária de meio litro de fluidos, o que causava uma “grave perda de nutrientes e de massa muscular”.
Segundo o ‘El País’, os problemas abominais de Fidel são “bastante graves e mortais em 80 por cento dos casos”.
SOLTAS
MÉDICO NEGA
O cirurgião espanhol José Sabrido, que em Dezembro examinou Fidel em Havana, negou ter sido ele a fonte da notícia do ‘El País’. Sabrido disse ainda que qualquer avaliação do estado de saúde do líder cubano que não seja feita pelos seus médicos “carece de fundamento”, e reiterou a posição manifestada em Dezembro, assegurando que Fidel “não tem cancro” e está “em recuperação”.
CUBA DESMENTE
Um diplomata cubano colocado em Madrid considerou a notícia do ‘El País’ como uma “mentira” e assegurou que Fidel está em franca recuperação. No entanto, um outro diplomata cubano, em funções no Equador, admitiu que Fidel tem tido “problemas relacionados com a cicatrização de lesões”.
ÚLTIMA MENSAGEM
Na sua última mensagem, divulgada na véspera de Ano Novo, Fidel Castro assegurou que a sua recuperação “está longe de ser uma batalha perdida”.
AS OPERAÇÕES FALHADAS DE FIDEL
Segundo o 'El País', o presidente cubano foi submetido a três operações cirúrgicas desde Julho, mas várias complicações agravaram seriamente o seu estado de saúde:
- Inflamação da Vesícula Biliar e das vias biliares, produzida pela falta de irrigação sanguínea. Situação com mortalidade altíssima
- Parte do intestino removido, o cólon está ligado directamente ao recto. Uma peritonite (infecção dos intestinos) obrigou a uma lavagem e drenagem da zona afectada. Tem também uma prótese no ânus
REPÚBLICA DE CUBA
POLÍTICA
- Fidel Castro liderou o país durante quase meio século. Em Julho último cedeu temporariamente o poder ao irmão, Raúl Castro
ECONOMIA
- O embargo norte-americano está em vigor desde 1961. As dificuldades económicas levaram muitos cubanos a emigrar para os EUA
PRESSÃO INTERNACIONAL
- A comunidade internacional tem feito pressão para a introdução de reformas democráticas e mais respeito pelos direitos humanos
POPULAÇÃO
- 11,3 milhões de hab.
CAPITAL
- Havana
ÁREA
- 110,860 km2
LÍNGUA MAIS FALADA
- Castelhano
MAIOR RELIGIÃO
- Católica
ESPERANÇA MÉDIA DE VIDA
- 75 anos (homens) e 79 anos (mulheres)
MAIORES EXPORTAÇÕES
- Níquel, açúcar, tabaco, crustáceos, medicamentos, citrinos e café
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)