Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

CiU perto da maioria

Os catalães vão hoje às urnas para eleger os 135 deputados do Parlamento Autonómico, aos quais caberá depois eleger o presidente do novo governo regional.
28 de Novembro de 2010 às 00:30
Sondagens dizem que Artur Mas (à esq.) deverá suceder a José Montilla no governo catalão
Sondagens dizem que Artur Mas (à esq.) deverá suceder a José Montilla no governo catalão FOTO: Gustau Nacarino/Reuters

As sondagens dão claro favoritismo à coligação nacionalista de centro-direita Convergência e União (CiU), cujo líder, Artur Mas, fez saber que pretende governar sem alianças, ainda que num governo minoritário.

As sondagens prevêem que a CiU conquiste 38% dos votos, elegendo 59 deputados, mais onze do que nas eleições de 2006 e a apenas nove da maioria absoluta. Já o Partido Socialista da Catalunha (PSC), de José Montilla, presidente cessante do governo autonómico, deverá perder pelo menos quatro deputados, ficando com 33. Os dois outros integrantes do governo tripartido de Montilla, a Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) e a Iniciativa Pela Catalunha Verdes - Esquerda Unida e Alternativa (ICV-EUiA), devem igualmente perder votos. Quanto ao Partido Popular da Catalunha (PPC), prevê-se que mantenha a representação parlamentar actual, com 13 a 14 deputados.

Recorde-se que em 2006 a CiU foi o partido mais votado nas eleições mas não formou governo, algo que dificilmente se repetirá agora. Desde logo, porque as previsões indicam que o próximo parlamento será o mais pluripartidário de sempre, algo que irá facilitar a obtenção de acordos pontuais que viabilizem a governação de Artur Mas.

CATALUNHA ELEIÇÕES SONDAGENS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)