Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Coffee shops só para holandeses

O consumo de canábis nos coffee shops de Amesterdão pode ficar restrito apenas a cidadãos holandeses.
18 de Novembro de 2010 às 23:44
Governo holandês que restringir consumo de drogas leves
Governo holandês que restringir consumo de drogas leves FOTO: Sábado

O novo governo de coligação entre Partido Liberal e Partido Democrata Cristão, também apoiado pelo PVV de extrema direita, já assumiu a intenção de proibir o acesso de estrangeiros aos célebres cafés, onde hoje é legal adquirir cinco gramas de haxixe ou marijuana para consumo. "Num futuro próximo, se conseguirmos o que pretendemos, os coffee shops não estarão acessíveis a turistas", disse o ministro da Justiça Ivo Opstelten.

Em Amesterdão há cerca de 200 coffee shops cujos donos e funcionários temem pelo futuro. "99 por cento da nossa clientela são turistas, a grande maioria ingleses. Se isto for para a frente fecharão quase todos", disse ao jornal britânico Guardian o funcionário de um dos estabelecimentos.

Um empregado noutro coffee shop contesta os argumentos do Governo: "Eles dizem que é para travar a criminalidade mas vai é criar mais criminalidade porque se não puderem comprar nos coffee shops os turistas vão comprar na rua".

O governo alega que o acesso fácil às drogas leves tornou-se uma atracção turística com "efeitos negativos". "Queremos que os coffee shops voltem ao seu propósito original de servir a comunidade local", disse um porta-voz do Governo.

Apesar de tudo, o sentimento generalizado na Holanda é de que a medida não irá vingar.

drogas Holanda
Ver comentários