Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

'Coletes Amarelos' instalam caos no coração de Paris

Lojas saqueadas, bancos, carros e espaços comerciais incendiados.
Paulo João Santos 17 de Março de 2019 às 01:30
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Marcha pelo clima junta milhares em Paris e serviu de apoio a 'coletes amarelos'
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
Violentos confrontos entre coletes amarelos e polícias voltam às ruas de Paris
A manifestação de ontem dos ‘coletes amarelos’ em Paris, França, ficou marcada, uma vez mais, por confrontos e atos de vandalismo.

Os Campos Elísios voltaram a ser o principal palco dos protestos, que decorreram pelo 18º sábado consecutivo, com os manifestantes a arremessarem pedras, bombas de fumo, petardos e outros objetos às autoridades, instalando o caos no coração da capital francesa. Foi incendiado um banco, dois quiosques e uma loja de carteiras de luxo para senhoras. Há relatos, ainda, de ter sido ateado fogo no exterior de uma loja de sanduíches.

A tudo isto a Polícia respondeu com canhões de água, gás lacrimogéneo e carregou sobre os manifestantes, que montaram várias barricadas, dificultando a ação das autoridades.
Houve viaturas incendiadas, lojas de luxo pilhadas e ouviram-se várias explosões. Foram feitas dezenas de detenções, segundo as agências noticiosas. 

O ministro francês do Interior, Christophe Castaner, utilizou a rede social Twitter para se insurgir contra o que classificou de "ataques inaceitáveis", acrescentando que deu ordens para a Polícia atuar com "grande firmeza" para repor a normalidade.

Apesar de o número de manifestantes ter diminuído nos últimos fins de semana, os organizadores esperam que os seus mais recentes protestos possam dar nova vida ao movimento que decorre desde há quatro meses contra Emmanuel Macron. O protesto de ontem reuniu cerca de 10 mil pessoas.

A destruição de montras e pilhagem de lojas de luxo ao longo da avenida dos Campos Elísios e ruas adjacentes foi um dos pontos mais marcantes dos protestos desta nova onda de violência, levada a cabo, sobretudo, por grupos vestidos de negro, com capuzes ou capacetes na cabeça.

Os coletes voltam às ruas no próximo sábado.

França mobilizou 80 mil polícias
Para fazer frente às manifestações, o Governo mobilizou 80 mil elementos das forças de segurança em todo o pais. Milhares de pessoas continuavam a manifestar-se, apesar da violência extrema. Ao fim de duas horas já tinham sido detidos vinte manifestantes.

PORMENORES
Uso excessivo da força
Desde o início das manifestações, a Inspeção-Geral da Polícia Nacional francesa já registou uma centena de acusações de uso excessivo da força contra o movimento.

22 perderam a vista
O Movimento dos ‘coletes amarelos’ afirma que 22 manifestantes já perderam a vista e cinco perderam mãos. Os acidentes têm levado a um decréscimo de participantes no protesto, segundo o movimento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)