Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Colômbia e Venezuela reconciliam-se

A reunião em Santa Marta, na Colômbia, entre Juan Manuel Santos, presidente do país, e Hugo Chávez, o seu homólogo venezuelano, parece ter dado frutos. Depois da polémica entre Uribe, antecessor de Santos, e Chávez, os dois líderes decidiram retomar as relações diplomáticas e comerciais entre os dois países e prometeram uma luta conjunta contra a presença de grupos armados ilegais na fronteira comum.
11 de Agosto de 2010 às 10:02
Pazes feitas entre Hugo Chávez e Juan Manuel Santos
Pazes feitas entre Hugo Chávez e Juan Manuel Santos FOTO: Mauricio Duenas/EPA

Terminado o encontro, Santos não deixou de reconhecer as diferenças ideológicas que o separam do presidente da Venezuela, mas afirmou que o mais importante é conseguirem aquilo que os dois países precisam: paz, integração e o regresso à normalidade.

 

Durante a reunião foi decidida a criação de cinco comissões para o reforço económico e construção de infra-estruturas que aumentem a segurança na fronteira.

 

Recorde-se que nos últimos cinco anos, Venezuela e Colômbia congelaram relações por cinco vezes. A última ocorreu em Julho deste ano quando Chávez ordenou o encerramento da sua embaixada em Bogotá e ainda a expulsão dos diplomatas colombianos em Caracas, como protesto contra as denúncias de Uribe à OEA (Organização de Estados Americanos) sobre a presença de guerrilheiros das FARC em território venezuelano.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)