Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Colômbia recebe 100 milhões de dólares para combater desflorestação da Amazónia

A desflorestação aumentou em algumas zonas da Amazónia, devido a "cultivos ilícitos".
30 de Novembro de 2015 às 19:38
O presidente colombiano Juan Manuel Santos
O presidente colombiano Juan Manuel Santos FOTO: EPA

A Colômbia vai receber 100 milhões de dólares da Noruega, Alemanha e Reino Unido para combater a desflorestação no leste da Amazónia, segundo um convénio assinado pelo presidente colombiano, Juan Manuel Santos, com representantes daqueles países.

"Os benefícios da paz começam a ver-se, e ver-se-ão cada vez mais, em termos ambientais, em ações concretas, como estes recursos que serão levados a essas zonas do território onde há uma grande degradação", assegurou esta segunda-feira o ministro do Meio Ambiente e desenvolvimento Sustentável colombiano, Gabriel Vallejo López.

Falando na COP21, que decorre em Paris, o governante revelou que um protocolo similar será assinado esta terça-feira, permitindo que a Colômbia receba ajudas de 200 milhões de dólares.

Segundo o ministro, a desflorestação aumentou em algumas zonas da Amazónia, devido a "cultivos ilícitos, aumento das fronteiras agrícolas, mineração ilegal e todo o tipo de atividades criminosas que se desenvolveram nos últimos anos".

Ver comentários