Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Combate à droga faz subir preço da cocaína

A luta contra o tráfico de droga conduzida na Colômbia e no México provocou um aumento de 44 por cento no preço de rua da cocaína nos Estados Unidos da América, segundo dados da agência de combate à droga norte-americana (DEA).
9 de Novembro de 2007 às 12:00
De acordo com a directora da DEA, Karen Tandy, que apresentou as suas conclusões numa conferência de imprensa realizada na quinta-feira, em Bogotá, o México efectuou no passado mês de Outubro a maior apreensão de droga da sua história, um carregamento de mais de 23 toneladas de cocaína proveniente da Colômbia, descoberta num porto mexicano.
A Colômbia, primeiro produtor mundial de cocaína, também registou importantes apreensões de droga. O Exército confiscou, desde o início do ano, mais de 50 toneladas.
Esta conferência de imprensa realizou-se depois de uma reunião, em Bogotá, entre os responsáveis da DEA, o procurador-geral do México e o ministro colombiano da Defesa, países que estão em estreita colaboração na luta contra o tráfico de droga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)