Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

COMEÇARAM AUDIÊNCIAS DO CASO KELLY

O juiz Brian Hutton começou ontem a ouvir as testemunhas do inquérito à morte do perito em armas David Kelly, num caso que pode ter sérias consequências para o governo britânico.
12 de Agosto de 2003 às 00:00
A primeira testemunha ouvida foi Terence Taylor, colega do falecido cientista, que afirmou ter falado com Kelly poucos dias antes da sua morte, garantindo que este estava bem disposto e que o seu estado de espírito não era o de um suicida. Kelly, recorde-se, ter-se-á suicidado após ter sido identificado como a fonte da notícia da BBC sobre a falsificação do relatório sobre as armas de destruição em massa do Iraque.
Lorde Hutton deverá ouvir outras 13 testemunhas nesta primeira fase do inquérito, incluindo o jornalista da BBC Andrew Gilligan e representantes do governo.
Ver comentários