Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Comediante de 35 anos morre vítima da Covid-19 dois dias depois de começar a documentar a sua luta

Joe alertou os seguidores que "o Covid não é uma brincadeira" e que foi infetado através de um contacto próximo. 
Correio da Manhã 3 de Dezembro de 2020 às 09:02
Joe Luna
Joe Luna FOTO: Instagram
Joe Luna, um comediante de 35 anos de Los Angeles, Estados Unidos, morreu vítima da Covid-19 dois dias depois de começar a registar a sua luta contra a doença. 

O homem começou a publicar a sua luta online e chegou a afirmar que duvidou da gravidade deste vírus. Joe El Cholo, nome de palco, começou a divulgar a sua luta a 21 de novembro alertando os seguidores que "o Covid não é uma brincadeira" e que foi infetado através de um contacto próximo. 

Um vídeo de 35 minutos, que serviria um "propósito educativo", seria o primeiro de uma série de diários a documentar a sua experiência, no entanto viria a ser o último também. Joe morreu 48 horas depois após ter dado entrada no hospital com o quadro clínico agravado. O comediante tinha diabetes e revelou que sofreu com dores no peito.

Já no hospital, o comediante ainda partilhou um segundo vídeo do estado em que as unidades de saúde se encontram. "Com sangue e lixo de outras pessoas", afirma num vídeo de oito minutos.

Joe desenvolveu ainda uma pneumonia e devido às suas condições pré-existentes de saúde o quadro clínico agravou-se muito rapidamente.
Covid-19 Joe Luna Joe El Cholo Covid Los Angeles Estados Unidos saúde doenças
Ver comentários