Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Comediante lidera corrida presidencial na Ucrânia

O ator de TV Volodymyr Zelenskiy venceu facilmente a primeira volta das eleições.
Francisco J. Gonçalves 1 de Abril de 2019 às 01:30
Zelenskiy venceu apesar de não ter qualquer experiência  política
Poroshenko foi batido por larga margem
Zelenskiy venceu apesar de não ter qualquer experiência  política
Poroshenko foi batido por larga margem
Zelenskiy venceu apesar de não ter qualquer experiência  política
Poroshenko foi batido por larga margem
O ator e comediante Volodymyr Zelenskiy confirmou ontem as sondagens e venceu a primeira volta das presidenciais na Ucrânia. De acordo com projeções à boca das urnas, Zelenskiy obteve 30,4% dos votos, batendo o presidente em funções, Petro Poroshenko, que foi um distante segundo, com 17,8%.

Os resultados significam que o ator, sem qualquer experiência de cargos públicos nem projeto político, defrontará Poroshenko na votação decisiva, no próximo dia 21 de abril.

A antiga primeira-ministra Yulia Tymoshenko, a única dos restantes 37 candidatos com possibilidades de passar à segunda volta, quedou-se em terceiro lugar, com somente 14,2% dos votos.

Os analistas encaram os resultados como um voto de protesto contra a classe política, incapaz de resolver a profunda crise económica do país e de gerir as tensões com a Rússia, que anexou a Crimeia em 2014 e mantém o poder sobre a região do Donbass, no leste da Ucrânia, onde ninguém votou nas eleições de ontem.

Poroshenko, recorde-se, foi eleito depois de, em fevereiro de 2014, o pró-russo Viktor Yanukovych ter sido derrubado numa revolta popular que manteve Kiev em estado de sítio durante meses.

PORMENORES
Da ficção para a realidade
O ator que venceu a primeira volta das presidenciais transformou em realidade o argumento da série satírica de TV ‘Ao Serviço do Povo’, na qual faz o papel de um cidadão vulgar que se torna presidente.

Incertezas sobre o futuro
Os observadores receiam que Volodymyr Zelenskiy, homem sem qualquer experiência política, seja um líder demasiado frágil para um país envolvido num conflito militar e económico com a Rússia, que nos últimos anos anexou a Crimeia e se apossou do pulmão industrial da Ucrânia, o Donbass.
Ucrânia Volodymyr Zelenskiy Yulia Tymoshenko presidente Petro Poroshenko Poroshenko
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)