Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Companhia aérea proíbe criança com doença grave de voar

Francisco não consegue ficar sentado sozinho, uma vez que sofre de Atrofia Muscular Espinhal.
29 de Março de 2018 às 10:11
FOTO: Redes Sociais

A companhia brasileira Azul proibiu o embarque de Francisco, um menino que sofre de Atrofia Muscular Espinhal, por este não se conseguir sentar sozinho num banco.

Segundo o Globo, a criança de dois anos já tinha viajado 22 vezes com a companhia. Segundo o jornal, a doença de Francisco não o permite sustentar o tronco e a cabeça, tendo viajado sempre ao colo da mãe.

"Nós ficamos muito angustiados com esta situação. Tentei explicar para os representantes da Azul que toda as regras têm de ter uma excepção, e o caso do Francisco é uma delas. Ele não consegue ficar sozinho sentado", afirmou Flávio Garrido, pai da criança.

A viagem ao colo de um adulto é permitida pela companhia antes da criança completar os dois anos de idade. No entanto, Francisco foi impedido de viajar de Palmas para Goiânia.

Palmas Azul Francisco Atrofia Muscular Espinhal Flávio Garrido Goiânia
Ver comentários