Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Condenadas a prisão 117 pessoas por irromperem pelo parlamento do Kuwait

Em causa está também "uso violência e força contra os funcionários públicos".
Lusa 27 de Novembro de 2017 às 20:56
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Parlamento do Kuwait
Um tribunal kuwaitiano condenou esta segunda-feira 117 pessoas a penas de entre um e cinco anos de prisão por terem irrompido pelo parlamento em 2011 e "usado violência e força contra os funcionários públicos", noticiou a agência estatal Kuna.

O Tribunal de Cassação do Kuwait condenou 28 pessoas a cinco anos de prisão com trabalhos forçados e 23 a três anos e meio de prisão com trabalhos forçados por essas acusações e também por "sabotagem".

Outras 49 pessoas receberam uma pena de dois anos de prisão com trabalhos forçados e outras cinco tiveram como sentença dois anos sem trabalhos forçados, por terem participado em concentrações, convocado uma manifestação e atacado as forças de segurança, segundo a Kuna.

Dez pessoas foram condenadas a um ano de prisão e outras duas obtiveram pena suspensa de um ano de prisão, além de uma coima de 1.000 dinares kuwaitianos (2.784 euros).

Apenas dois dos acusados foram declarados inocentes neste caso ocorrido no contexto da chamada Primavera Árabe.
Primavera Árabe Kuna Tribunal de Cassação do Kuwait crime lei e justiça punição / sentença
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)