Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Condomínio de luxo recusa alojar Strauss-Kahn

O Supremo Tribunal do estado de Nova Iorque ordenou ontem a saída da prisão do ex-director-geral do FMI, acusado da violação de uma funcionário de um hotel, com destino a uma residência na baixa de Manhattan, onde permanecerá em prisão domiciliária, com guarda permanente e pulseira electrónica.
21 de Maio de 2011 às 00:30
Bloco de apartamentos de luxo Bristol Plaza recusou acolher o ex-responsável máximo do FMI, Dominique Strauss-Kahn, ontem libertado da cadeia de Rikers Island
Bloco de apartamentos de luxo Bristol Plaza recusou acolher o ex-responsável máximo do FMI, Dominique Strauss-Kahn, ontem libertado da cadeia de Rikers Island FOTO: Mike Segar/Reuters

O local, não revelado, onde Dominique Strauss-Kahn ficará detido foi a solução encontrada depois de o condomínio de luxo Bristol Plaza, que havia sido arrendado pela sua mulher, ter recusado acolhê-lo.

Segundo o ‘The New York Times', o luxuoso bloco de apartamentos no Upper East Side de Manhattan, que dispõe de piscina, ginásio e serviço diário de quartos, já tinha sido validado pela empresa de segurança que vai vigiar o arguido. No entanto, o Bristol Plaza recusou DSK, acusado de acto sexual criminoso, tentativa de violação, abuso sexual, sequestro e contacto sexual não consentido.

Residentes do condomínio afirmaram sentir-se desconfortáveis com a presença de Strauss-Kahn. "Não quero este tipo de publicidade no local onde vivo", disse, por exemplo, Michele Smith. A ordem da libertação de DSK da prisão de Rikers Island foi decretada pelo juiz Michael Obus, que recebeu dos advogados do arguido a caução de 1 milhão de dólares e uma garantia no valor de 5 milhões, tal como ficara estabelecido.

Strauss-Kahn tem direito a receber do FMI uma indemnização de 250 mil dólares (cerca de 200 mil euros) e pensão e complemento de reforma, cujos valores não foram divulgados.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)