Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Confessa ter matado tios e primos bebés

Familiares de François Gouveia, brasileiro de 20 anos, persuadiram o suspeito a apresentar-se à justiça em Espanha.
21 de Outubro de 2016 às 20:35
François Patrick Nogueira Gouveia detido em Espanha
François Patrick Nogueira Gouveia detido em Espanha FOTO: Guardia Civil
O presumível autor do quádruplo homicídio de Pioz (Espanha), François Patrick Nogueira Gouveia, confessou à Guarda Civil espanhola que assassinou os seus tios e dois dos filhos deles, dois meninos de um e quatro anos.

Segundo fontes da investigação citadas pela agência noticiosa Efe, o jovem, 20 anos, de nacionalidade brasileira, não forneceu muitos pormenores e aguarda para prestar declarações perante o juiz de instrução criminal de Guadalajara, o que se prevê aconteça durante esta tarde.

O jovem chegou na quarta-feira a Madrid, depois de se entregar voluntariamente após as conversações que os investigadores da Unidade Central Operativa (UCO) da Guarda Civil e da Polícia Judiciária daquele departamento em Guadalajara mantiveram durante vários dias com a família de Patrick no Brasil.

Os familiares persuadiram o suspeito a apresentar-se à justiça em Espanha, perante os muitos indícios da Guarda Civil que apontam para que tenha sido ele o autor do crime.

As provas são tão contundentes, indicaram à Efe fontes da investigação, que acabaram por convencer a família e o próprio Patrick, que chegou a Madrid num voo procedente de São Paulo.

O jovem viajou sozinho no avião comercial da companhia Latam e quando já estava dentro da aeronave, antes de descolar, avisou a Guarda Civil espanhola de que se encontrava a caminho.

Tudo parece indicar que na decisão pesou muito a convicção de que em Espanha, o presumível autor do crime terá um julgamento mais objetivo e será encarcerado numa prisão com muito melhores condições do que teria nas brasileiras.
Ver comentários