Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

CONFIRMADA MORTE DE MINISTRO COLOMBIANO

O ministro do Trabalho e da Segurança Social da Colômbia, Juan Luis Londoño de la Cuesta, e outras quatro pessoas morreram num acidente com um avião bimotor, a bordo do qual tinham desaparecido na passada quinta-feira, quando sobrevoavam uma zona montanhosa da cordilheira central dos Andes.
13 de Fevereiro de 2003 às 08:13
CONFIRMADA MORTE DE MINISTRO COLOMBIANO
CONFIRMADA MORTE DE MINISTRO COLOMBIANO
Segundo anunciou o capitão da aviação civil, Pablo Valencia, o aparelho despenhou-se não havendo sobreviventes. Na altura do acidente, o avião, cujos destroços foram descobertos no monte San Julian, dirigia-se para a cidade de Popayán, capital do departamento de Cauca, 570 quilómetros a sudoeste da capital, Bogotá.

De acordo com fontes oficiais, na altura em que a aeronave deixou de comunicar com a torre de controle voava entre Girardot, no centro do país, e Popayán. Para além do ministro, seguiam a bordo outras quatro pessoas, a sua secretária particular, um assessor, o responsável pela sua escolta e o piloto.

Londoño de la Cuesta era considerado um dos economistas mais brilhantes da Colômbia, responsável por uma profunda reforma laboral, do sistema de pensões e da saúde pública. Na altura do desaparecimento da avioneta dirigia-se para Popayán, onde deveria presidir a uma reunião com empresários.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)