Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Conflito alarga-se

O presidente do Chade, Idriss Deby, cortou relações diplomáticas com o Sudão, depois do ataque levado a cabo por rebeldes do seu país, alegadamente apoiados pelo regime de Cartum.
15 de Abril de 2006 às 00:00
O Exército chadiano repeliu para o vizinho Sudão os rebeldes da Frente Unida para a Mudança (FUC) após os violentos combates, na quinta-feira, na cidade de Adré, que causaram 150 mortos.
Soldados leais ao regime, exibindo uma fita vermelha, estavam destacados em vários bairros da cidade, nomeadamente ao redor dos edifícios da presidência da República, protegidos por veículos militares mas em menor número do que na véspera.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)