Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Confrontos causam mortos no Nepal

Pelo menos 16 pessoas morreram, entre as quais 13 soldados governamentais, numa nova vaga de violência perpetrada por rebeldes maoístas no Nepal, com novos ataques às forças de segurança.
20 de Março de 2006 às 11:21
Os confrontos ocorreram esta segunda-feira no distrito de Kavre, 80 quilómetros a leste da capital do país, Katmandu, quando os soldados tentavam reparar infra-estruturas de abastecimento de água destruídas pelos rebeldes.
A troca de tiros causou 13 baixas entre as tropas governamentais, enquanto os rebeldes registaram um morto nas suas fileiras, revelou uma fonte governamental.
Num outro incidente, dois civis perderam a vida na sequência da explosão de uma bomba próximo da cidade de Biratnagar, na região oriental do país, a 550 quilómetros de Katmandu.
De acordo com as autoridades, o engenho explosivo terá sido colocado pelos rebeldes numa ponte para reforçar o bloqueio imposto nos últimos dias a várias cidades. Bloqueio que foi levantado ontem.
Os conflitos com os rebeldes maoístas dura desde 1996, sendo que estes pretendem derrubar a monarquia constitucional e instalar um governo comunista no país. Os confrontos já custaram a vida a mais de 13 mil pessoas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)